Eletrobras sem cotas, energia mais cara

Especialistas veem preço subir no mercado cativo com descotização e risco de desequilíbrio concorrencial no mercado livre com entrada da Eletrobras

O fim do regime de cotas de garantia física para os contratos das usinas do grupo Eletrobras com as distribuidoras deverá tornar mais alto o preço da energia, especialmente para os consumidores cativos do ambiente de contratação regulada (ACR), na opinião unânime de especialistas ouvidos pela Brasil Energia. Em relação ao mercado livre, no qual…

Se já for assinante, faça seu login

Entrar
Ou
Nosso conteúdo é exclusivo para assinantes, mas
você pode se cadastrar para continuar lendo

e ainda ter acesso a 3 matérias por mês. (apenas para não assinantes)

Cadastre-se aqui


Ou

O assinante da Brasil Energia tem acesso ilimitado a conteúdo exclusivo sobre todo o setor energético
elaborado por jornalistas qualificados e a análises de especialistas do mercado.
Apoie o jornalismo especializado e faça a sua assinatura por menos de R$ 2,70 por dia.

Assine

Comments are closed.