Devagar, mas indo

Diante da desaceleração do mercado mundial de crédito de carbono e da dura concorrência de usinas eólicas e hidrelétricas nos últimos leilões regulados de eletricidade, o aproveitamento energético do biogás avançou a passos lentos desde a publicação do Plano Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS), há pouco mais de três anos. A maior evidência disso é…

Se já for assinante, faça seu login

Entrar
Ou
Nosso conteúdo é exclusivo para assinantes, mas
você pode se cadastrar para continuar lendo

e ainda ter acesso a 3 matérias por mês. (apenas para não assinantes)

Cadastre-se aqui


Ou

O assinante da Brasil Energia tem acesso ilimitado a conteúdo exclusivo sobre todo o setor energético
elaborado por jornalistas qualificados e a análises de especialistas do mercado.
Apoie o jornalismo especializado e faça a sua assinatura por menos de R$ 2,70 por dia.

Assine

Comments are closed.