Com estudos mais abrangentes, novas hidrelétricas são bem-vindas

Potencial ainda é grande, mas restrições ambientais, sociais e econômicas definirão o que realmente será aprovado

A persistente escassez hídrica em regiões outrora de abundante pluviosidade, dificultando a reposição dos reservatórios que fizeram das hidrelétricas a base do sistema elétrico brasileiro e culminando com a iminência este ano de um racionamento após exatos 20 anos da última ocorrência semelhante, reavivou o debate sobre o papel das UHEs na expansão da geração…

Se já for assinante, faça seu login

Entrar
Ou
Nosso conteúdo é exclusivo para assinantes, mas
você pode se cadastrar para continuar lendo

e ainda ter acesso a 3 matérias por mês. (apenas para não assinantes)

Cadastre-se aqui


Ou

O assinante da Brasil Energia tem acesso ilimitado a conteúdo exclusivo sobre todo o setor energético
elaborado por jornalistas qualificados e a análises de especialistas do mercado.
Apoie o jornalismo especializado e faça a sua assinatura por menos de R$ 2,70 por dia.

Assine

Comments are closed.