“Abalo sísmico” na transição energética

PGS, TGS e CGG buscam novos mercados para reposicionar estratégias de atuação frente à transição energética

Após ficar com quase metade de sua frota global inativa, a indústria de exploração sísmica retomou seu ritmo de atividade anterior à pandemia de Covid-19. No terceiro trimestre de 2021, a Rystad Energy registrou que cerca de 68% da frota, ou pouco mais de dois terços das embarcações, estavam conduzindo pesquisas sísmicas, enquanto um terço…

Se já for assinante, faça seu login

Entrar
Ou
Nosso conteúdo é exclusivo para assinantes, mas
você pode se cadastrar para continuar lendo

e ainda ter acesso a 3 matérias por mês. (apenas para não assinantes)

Cadastre-se aqui


Ou

O assinante da Brasil Energia tem acesso ilimitado a conteúdo exclusivo sobre todo o setor energético
elaborado por jornalistas qualificados e a análises de especialistas do mercado.
Apoie o jornalismo especializado e faça a sua assinatura por menos de R$ 3,50 por dia.

Assine
Ou

Você pode ler nosso conteúdo exclusivo adquirindo pacotes de créditos para acessar matérias avulsas

COMPRE AQUI

Comments are closed.

Abrir Whatsapp
Precisa de ajuda?
Olá!
Posso te ajudar?