e-revista Brasil Energia 484

90 Brasil Energia, nº 484, 30 de novembro de 2023 transmissão | POR NELSON VALENCIO | O BNDES continuará tendo participação decisiva na financiabilidade dos projetos consagrados nos leilões de transmissão. Juntos, os dois leilões realizados em 2023 e o primeiro de 2024 têm investimentos previstos que somam cerca de R$ 55 bilhões. Mário Miranda, presidente executivo da Abrate, a associação das transmissoras, adiantou que o banco deve liderar um sindicato de instituições financeiras, inclusive bancos regionais como Basa e Banco do Nordeste, na oferta de recursos convencionais. Outra frente importante de aporte deve ser o apoio a operações de emissão de debêntures de infraestrutura. “Seria uma tomada de debêntures três vezes maior do que aconteceu em 2019 na área de infraestrutura”, estima Miranda. O executivo também confirmou que o BNDES vai atuar no financiamento de fluxo de caixa para as construtoras envolvidas no setor. Durante a pandemia, boa parte delas enfrentou uma crise econômica e estaria descapitalizada. A origem da problema é o fato de a energia ter sido considerada essencial no período de Covid-19, de forma que as transmissoras foram obrigadas a não paralisar suas obras. Por outro lado, as prefeituras de cidades com projetos de transmissão proibiram a atuação das construtoras, levando à desmobilização de vários canteiros. Para Miranda, as construtoras médias que atuam em transmissão não têm o mesmo fôlego financeiro das grandes empreiteiras da era pré-Lava Jato e precisam da ajuda do BNDES para se organizar. As iniciativas da Abrate envolvem ainda acordos com o Senai e instituições federais para treinamento da mão de obra que deve ser demandada pelos leilões desse ano e do próximo, estimada em cerca de 30 mil profissionais. Financiamento de transmissão deverá ter oferta de debêntures O presidente da Abrate, Mário Miranda, confirma participação do BNDES também no aporte às construtoras do setor MARIO MIRANDA, presidente da Abrate: BNDES vai atuar no financiamento de fluxo de caixa para as construtoras

RkJQdWJsaXNoZXIy NDExNzM=