e-revista Brasil Energia 484

Brasil Energia, nº 484, 30 de novembro de 2023 71 enviados para o biodigestor. No local, começa o processo de biodigestão e o gás é gerado em cerca de 25 a 30 dias. A tecnologia israelense também leva o nome de HomeBiogas, distribuída no Brasil exclusivamente pela Biomovement, e o sistema pode ser escalonado para atender diferentes necessidades. De acordo com o CEO da Biomovement, Leandro Toledano, o equipamento tem uma vida útil de 15 anos e precisa de duas manutenções. Ele salientou que o sistema faz o equivalente a um botijão de gás por mês (P13), uma média duas horas de cocção por dia. Em relação aos custos, a empresa informou em nota que a instalação de cada banheiro completo está em torno de R$ 31,5 mil. “A solução também minimiza o desmatamento e reduz os riscos à saúde, como as mortes anuais associadas a complicações respiratórias causadas pela inalação de fumaça, muitas vezes tóxica. Uma solução que impulsiona o bem-estar social e ambiental, transformando a realidade dessa comunidade”, comenta Toledano. Já Almeida, da HomeBiogas, destaca que a aldeia Tekoa Itakupe totaliza 17 banheiros instalados e toda a Terra Indígena Guarani do Jaraguá conta com 36 banheiros. “A terra indígena é como se fosse o país e estamos dentro da Terra Indígena Guarani do Jaraguá. Dentro dela há sete aldeias, que, para nós, é como se fossem os estados. Estamos na aldeia Tekoa Itakupe”. Do total, 31 banheiros receberam financiamento da prefeitura de São Paulo e 5 da ONG Teto, em parceria com a empresa Softys. O estimado é que cerca de 1000 pessoas do território foram beneficiadas. n Tecnologia HomeBiogas Brasil instalada na terra indígena Guarani do Jaraguá. Esther Obriem

RkJQdWJsaXNoZXIy NDExNzM=