e-revista Brasil Energia 484

58 Brasil Energia, nº 484, 30 de novembro de 2023 Especial Mossoró Oil & Gas Expo 2023 Um dos maiores desafios que existem para a produção onshore no Rio Grande do Norte é o licenciamento ambiental, afirmaram executivos do setor durante o painel “Desafios da produção onshore”. “É muito custoso e burocrático. E isso dificulta as operadoras independentes. Às vezes precisamos de três licenças para perfurar um poço”, afirmou Marcelo Magalhães, na ocasião ainda CEO da PetroReconcavo, durante o painel. “No RN, eu fico três meses [produzindo] só para pagar a licença ambiental desse poço. E eu tenho que acatar normas das grandes empresas, mesmo sendo uma empresa pequena”, completou Caetano Machado, CEO da Mandacaru Energia. Daniel Romeiro, diretor e fundador da 3R Petroleum, também concordou com as falas sobre a dificuldade para a obtenção do licenciamento ambiental, e acrescentou um outro desafio, também no âmbito regulatório: a viabilização de poços com produção baixa, para que eles não sejam abandonados. Para Ivan Betancourt, Global Operations Director da Halliburton, a integridade dos ativos também é um desafio, assim como a logística. “Como podemos aumentar a produção sem precisar duplicar os custos? A eficiência favorece todos os envolvidos no processo produtivo, assim como a logística, como as rodovias para chegar a um poço”, afirmou o diretor. Na visão de Juan Alves, vice-presidente da Seacrest Petróleo, os desafios estão ligados à sustentabilidade do onshore brasileiro no futuro. “Que tipo de tecnologias precisaremos para baixar nosO superintendente de Segurança Operacional da ANP, Luiz Henrique Bispo, mostra os ganhos com a segurança nas operações terrestres Gerardo Smith, VP da Enercorp, busca negócios no Brasil Licenciamento ambiental é o maior desafio do onshore, afirmam executivos Representantes da PetroReconcavo, Mandacaru Energia, 3R Petroleum e Seacrest Petróleo, entre outros, discutiram, também, sobre as perspectivas de futuro para o onshore brasileiro

RkJQdWJsaXNoZXIy NDExNzM=