e-revista Brasil Energia 484

Brasil Energia, nº 484, 30 de novembro de 2023 55 Conteúdo oferecido por estão “totalmente consolidadas”. Uma delas é a cobrança, por parte dos investidores, pela reposição de reservas, uma vez que as empresas privadas de O&G brasileiras não têm olhado para exploração no momento. “Por isso eu acredito que vai haver, no futuro, a volta dos investimentos exploratórios. É uma questão matemática”, disse Savini. Uma outra tendência é a integração de infraestruturas de O&G com fontes renováveis. “As empresas de E&P vão investir em fontes renováveis. É um movimento que começou com as grandes, mas que vai abarcar as pequenas e médias empresas”, completou Ricardo. Pitu Oeste O empresário Roberto Serquiz, presidente da Federação das Indústrias do Rio Grande do Norte (Fiern), destacou o potencial de desenvolvimento da indústria offshore com a perfuração do poço Pitu Oeste, na Margem Equatorial do RN. “A Petrobras pretende investir, inicialmente, US$ 300 milhões nesse projeto. Isso representa um novo momento da companhia no estado, depois dos desinvestimentos realizados no onshore. E isso atrai empresas, que criam empregos”, afirmou Serquiz. “Nos últimos anos, nós vimos uma desaceleração dos investimentos, mas agora estamos vendo essa página sendo virada. O nosso papel, como setor público, é abrir os caminhos para essas empresas, como os investimentos que estamos fazendo nas rodovias, por exemplo, para que os equipamentos sejam mais bem transportados”, afirmou o prefeito de Mossoró, Allyson Bezerra (União Brasil), durante a abertura. “A sonda da Petrobras para perfurar a Margem Equatorial Potiguar está a caminho da locação. E isso representa uma nova conjuntura, uma retomada. E nós podemos afirmar que a exploração da MEQ vai começar pela Bacia Potiguar”, destacou a governadora do RN, Fátima Bezerra (PT), também na abertura, revelando que será lançado concurso para contratação para o Idema, instituto de meio ambiente do estado. (Por Ana Luisa Egues) Daniel Romeiro, diretor e fundador da 3R Petroleum, analisa momento de inflexão do onshore, com crescimento esperado da produção e consolidação dos investimentos A governadora do Rio Grande do Norte, Fátima Bezerra, comemora investimentos na Margem Equatorial do estado e destaca parcerias para o Porto-Indústria Verde

RkJQdWJsaXNoZXIy NDExNzM=