Brasil Energia | Ed. 475 - Junho, 2022

Brasil Energia , nº 475, 15 de junho de 2022 57 retor de Operações da SPIC Brasil, André Pereira. A empreitada dá uma ideia do quanto essas obras de repaginação do parque hídrico representam para a sobre- vivência da indústria, que cresceu na es- teira da formação do, proporcionalmen- te, maior parque hidrelétrico do mundo, com 108,88 GW de capacidade instala- da, segundo dados do ONS de 2022. O “Pacote 1”, executado em 2020/2021, cuidou da modernização dos equipamentos de movimentação de car- gas. Segundo Pereira, sua posição na or- dem do projeto decorreu da necessidade de assegurar maior confiabilidade na hora de manobrar a instalação dos equipamen- tos das etapas seguintes. A cargo da Gevi- sa, joint-venture entre os grupos GE, Villa- res e Safra, a etapa modernizou dez equi- pamentos, entre pontes rolantes e pórti- cos, absorvendo cerca de 1%do orçamen- to total da modernização (R$ 10 milhões). “Essa parte da modernização é a mais relevante sob o ponto de vista de se- gurança agregada aos procedimentos de manutenção durante todas as fases do processo, que exigirá movimentação constante de equipamentos de grande porte dentro da usina”, explicou o exe- cutivo. As obras não alteraram a capa- cidade instalada dos equipamentos, mas os atualizou com as normas vigentes, trocando motores e sistemas de controle por versões digitais e de sensoriamento.

RkJQdWJsaXNoZXIy NDExNzM=