Brasil Energia | Ed. 475 - Junho, 2022

Brasil Energia , nº 475, 15 de junho de 2022 43 O governo brasileiro deve consolidar este ano uma profunda mudança no pla- nejamento da transmissão, que resultará em propostas de novos 10.000 km de linhas e conexões só no Nordeste. Os investimentos estão pre- vistos em R$50 bilhões nos próximos cinco anos, para acomodar um portfó- lio de projetos renováveis, solares e eó- licos, que chega a 200 GW em capaci- dade nominal. “Este é um valor recorde de investi- mento em toda a história do planeja- mento da expansão do setor,” apontou Paulo Cesar Domingues, secretário do planejamento energético do MME. No ciclo de planejamento anterior, a previ- são de investimento para os leilões de junho e de dezembro era de R$ 15,3 bi- lhões e R$ 1,3 bilhão, respectivamente. Por detrás destes números está a transformação do setor elétrico, cada vez mais aberto, competitivo e, ao mesmo tempo, incorporando renováveis intermi- tentes como solar e eólica. O novo cená- rio forçou uma renovação no jeito como o governo pensa a expansão do Sistema Interligado Nacional (SIN). A estratégia é buscar opções que gerem o menor grau de arrependimento [quando se inves- te em linhas que ficam ociosas por um tempo ou em traçados muito distantes das usinas] e possam acomodar o enor-

RkJQdWJsaXNoZXIy NDExNzM=