Ship to ship sem regulação econômica

Novo paradigma para movimentação de granéis líquidos, ship to ship pode absorver demanda de portos; petroleiras e operadores de FSU e FSRU devem enviar dados de operações à Antaq

Depois de pelo menos três anos de discussões, a Agência Nacional de Transportes Aquaviários (Antaq) decidiu que este não é o momento para a regulação econômica das atividades de transbordo ship to ship de petróleo e seus derivados, gás natural e biocombustíveis. A resolução da agência foi publicada em 29 de outubro, com vigência a partir de…

Se já for assinante, faça seu login

Entrar
Ou
Nosso conteúdo é exclusivo para assinantes, mas
você pode se cadastrar para continuar lendo

e ainda ter acesso a 3 matérias por mês. (apenas para não assinantes)

Cadastre-se aqui


Ou

O assinante da Brasil Energia tem acesso ilimitado a conteúdo exclusivo sobre todo o setor energético
elaborado por jornalistas qualificados e a análises de especialistas do mercado.
Apoie o jornalismo especializado e faça a sua assinatura por menos de R$ 2,70 por dia.

Assine

Comments are closed.

Abrir Whatsapp
Precisa de ajuda?
Olá!
Posso te ajudar?