Separação entre lastro e energia valoriza hidrelétricas

De acordo com a EPE, o lastro associado à capacidade de potência é o mecanismo comercial que irá remunerar alternativas para a modernização e ampliação das usinas existentes

O Brasil construiu, a partir da década de 1950, um parque hidrelétrico que não só atendeu com segurança a demanda por energia elétrica, mas também serviu de base para o desenvolvimento econômico que colocou o país na posição de uma das dez maiores economias do planeta. Mesmo hoje, após a criação de um parque termelétrico…

Se já for assinante, faça seu login

Entrar
Ou
Nosso conteúdo é exclusivo para assinantes, mas
você pode se cadastrar para continuar lendo

e ainda ter acesso a 3 matérias por mês. (apenas para não assinantes)

Cadastre-se aqui


Ou

O assinante da Brasil Energia tem acesso ilimitado a conteúdo exclusivo sobre todo o setor energético
elaborado por jornalistas qualificados e a análises de especialistas do mercado.
Apoie o jornalismo especializado e faça a sua assinatura por menos de R$ 2,70 por dia.

Assine

Comments are closed.