Onshore no rastro do mercado secundário

Nova onda de negócios em campos terrestres pode movimentar pelo menos 30% dos ativos negociados pela Petrobras no Programa de Desinvestimento 

O mercado de produção onshore promete viver novo desdobramento, após o processo de desinvestimento da Petrobras. Enquanto as grandes companhias direcionam atenção para a transição energética, o segmento terrestre no Brasil começa a vislumbrar os primeiros sinais do chamado mercado secundário ou segunda onda, movimento que será pautado pela venda futura de parte dos campos…

Se já for assinante, faça seu login

Entrar
Ou
Nosso conteúdo é exclusivo para assinantes, mas
você pode se cadastrar para continuar lendo

e ainda ter acesso a 3 matérias por mês. (apenas para não assinantes)

Cadastre-se aqui


Ou

O assinante da Brasil Energia tem acesso ilimitado a conteúdo exclusivo sobre todo o setor energético
elaborado por jornalistas qualificados e a análises de especialistas do mercado.
Apoie o jornalismo especializado e faça a sua assinatura por menos de R$ 2,70 por dia.

Assine
Ou

Você pode ler nosso conteúdo exclusivo adquirindo pacotes de créditos para acessar matérias avulsas

COMPRE AQUI

Comments are closed.

Abrir Whatsapp
Precisa de ajuda?
Olá!
Posso te ajudar?