O diplomata na casa da indústria

Roberto Ardenghy assumiu o comando do Instituto Brasileiro de Petróleo e Gás Natural (IBP) às vésperas das eleições e da retomada do formato presencial da Rio Oil & Gas, que acontecerá entre os dias 26 e 29 de setembro. Diplomata de carreira, o executivo pretende usar toda a sua experiência adquirida no Itamaraty e de suas passagens pela ANP e Petrobras para preservar os avanços regulatórios do setor de óleo e gás, seja qual for o governo. “Nós vamos lutar bravamente pra que esse ambiente regulatório competitivo continue preponderando no Brasil”, disse

Ardenghy, quais são as expectativas, prioridades e metas da sua gestão no IBP? Eu acho que o principal desafio é mostrar a importância da indústria de petróleo e gás para a economia brasileira. Acho que o que aconteceu na Ucrânia mostra que esse setor tem uma relevância econômica acima da média. Não é porque somos…

Se já for assinante, faça seu login

Entrar
Ou
Nosso conteúdo é exclusivo para assinantes, mas
você pode se cadastrar para continuar lendo

e ainda ter acesso a 3 matérias por mês. (apenas para não assinantes)

Cadastre-se aqui


Ou

O assinante da Brasil Energia tem acesso ilimitado a conteúdo exclusivo sobre todo o setor energético
elaborado por jornalistas qualificados e a análises de especialistas do mercado.
Apoie o jornalismo especializado e faça a sua assinatura por menos de R$ 4,00 por dia.

Assine
Ou

Você pode ler nosso conteúdo exclusivo adquirindo pacotes de créditos para acessar matérias avulsas

COMPRE AQUI

Comments are closed.

Abrir Whatsapp
Precisa de ajuda?
Olá!
Posso te ajudar?