Mercado livre não tão livre assim

IBP e Abrace veem obrigações excessivas à migração do consumidor do mercado cativo para o mercado livre, enquanto Abegás teme o risco de “práticas predatórias”

Enquanto produtores e grandes consumidores industriais de gás veem o caminho da migração do mercado cativo para o mercado livre minado por dispositivos burocráticos, as distribuidoras estaduais temem que “regulações oportunistas” abalem os alicerces do “condomínio” dos consumidores cativos. De um lado, IBP e Abrace avaliam que as regulações estaduais para o mercado livre são,…

Se já for assinante, faça seu login

Entrar
Ou
Nosso conteúdo é exclusivo para assinantes, mas
você pode se cadastrar para continuar lendo

e ainda ter acesso a 3 matérias por mês. (apenas para não assinantes)

Cadastre-se aqui


Ou

O assinante da Brasil Energia tem acesso ilimitado a conteúdo exclusivo sobre todo o setor energético
elaborado por jornalistas qualificados e a análises de especialistas do mercado.
Apoie o jornalismo especializado e faça a sua assinatura por menos de R$ 2,70 por dia.

Assine

Comments are closed.

Abrir Whatsapp
Precisa de ajuda?
Olá!
Posso te ajudar?