Indústria de SP na rota do baixo carbono

Estudo da Cetesb e do BID projeta ações, principalmente de gestão energética, para indústria paulista reduzir emissões de CO2

Uma parcela muito importante da indústria paulista – formada pelos setores químico, siderúrgico, de cimento e cal – poderia reduzir em 18% suas emissões de gases do efeito estufa até 2030 com medidas, em sua maioria, simples, em vez de aumentá-las em 40% no caso de manter seus atuais processos e modos de consumir energia.…

Se já for assinante, faça seu login

Entrar
Ou
Nosso conteúdo é exclusivo para assinantes, mas
você pode se cadastrar para continuar lendo

e ainda ter acesso a 3 matérias por mês. (apenas para não assinantes)

Cadastre-se aqui


Ou

O assinante da Brasil Energia tem acesso ilimitado a conteúdo exclusivo sobre todo o setor energético
elaborado por jornalistas qualificados e a análises de especialistas do mercado.
Apoie o jornalismo especializado e faça a sua assinatura por menos de R$ 2,70 por dia.

Assine
Ou

Você pode ler nosso conteúdo exclusivo adquirindo pacotes de créditos para acessar matérias avulsas

COMPRE AQUI

Comments are closed.

Abrir Whatsapp
Precisa de ajuda?
Olá!
Posso te ajudar?