Eletrobras: o desafio de manter-se grande e relevante após privatização

Diversificação do portfólio, concorrência mais acirrada na geração e transmissão, mudança na cultura corporativa e tecnologias disruptivas integram lista de fatores importantes na definição de estratégias pós-capitalização

Energeticamente falando, o país mudou muito rapidamente nos últimos 10 anos. A Eletrobras, dona de aproximadamente 28% da capacidade instalada no país, ou cerca de 50 GW, e de 40% da extensão de linhas de transmissão (74 mil km), ainda é um player relevante e deve-se manter assim após a capitalização, esperada ainda para maio…

Se já for assinante, faça seu login

Entrar
Ou
Nosso conteúdo é exclusivo para assinantes, mas
você pode se cadastrar para continuar lendo

e ainda ter acesso a 3 matérias por mês. (apenas para não assinantes)

Cadastre-se aqui


Ou

O assinante da Brasil Energia tem acesso ilimitado a conteúdo exclusivo sobre todo o setor energético
elaborado por jornalistas qualificados e a análises de especialistas do mercado.
Apoie o jornalismo especializado e faça a sua assinatura por menos de R$ 3,50 por dia.

Assine
Ou

Você pode ler nosso conteúdo exclusivo adquirindo pacotes de créditos para acessar matérias avulsas

COMPRE AQUI

Comments are closed.

Abrir Whatsapp
Precisa de ajuda?
Olá!
Posso te ajudar?