Concessionárias testam fibra óptica para monitorar redes subterrâneas em tempo real

CPFL e EDP têm iniciativas similares em São Paulo, com medição de parâmetros que vão além do monitoramento atual de temperatura

As falhas em sistemas elétricos custam caro e envolvem desde os gastos em substituição e manutenção corretiva até multas aplicadas pelos órgãos reguladores, quando for o caso. Em função do acesso mais complexo, as falhas em redes subterrâneas são ainda mais complicadas do que um evento na infraestrutura aérea. De olho na gestão dos ativos…

Se já for assinante, faça seu login

Entrar
Ou
Nosso conteúdo é exclusivo para assinantes, mas
você pode se cadastrar para continuar lendo

e ainda ter acesso a 3 matérias por mês. (apenas para não assinantes)

Cadastre-se aqui


Ou

O assinante da Brasil Energia tem acesso ilimitado a conteúdo exclusivo sobre todo o setor energético
elaborado por jornalistas qualificados e a análises de especialistas do mercado.
Apoie o jornalismo especializado e faça a sua assinatura por menos de R$ 4,00 por dia.

Assine
Ou

Você pode ler nosso conteúdo exclusivo adquirindo pacotes de créditos para acessar matérias avulsas

COMPRE AQUI

Comments are closed.

Abrir Whatsapp
Precisa de ajuda?
Olá!
Posso te ajudar?