ANP estuda mudanças na cláusula de PD&I

Mais de um ano após a revisão da cláusula, presença de startups na indústria ainda é escassa, embora petroleiras e fornecedores já tenham começado a movimentar segmento em busca de soluções

Pouco mais de um ano após a revisão da cláusula de pesquisa, desenvolvimento e inovação (PD&I) dos contratos de E&P, que incluiu as empresas de base tecnológica entre as favorecidas das obrigações, a ANP discute a possibilidade de permitir que petroleiras transfiram recursos a fundos de investimento privados (FIPs). A mudança, estudada na agência para…

Se já for assinante, faça seu login

Entrar
Ou
Nosso conteúdo é exclusivo para assinantes, mas
você pode se cadastrar para continuar lendo

e ainda ter acesso a 3 matérias por mês. (apenas para não assinantes)

Cadastre-se aqui


Ou

O assinante da Brasil Energia tem acesso ilimitado a conteúdo exclusivo sobre todo o setor energético
elaborado por jornalistas qualificados e a análises de especialistas do mercado.
Apoie o jornalismo especializado e faça a sua assinatura por menos de R$ 2,70 por dia.

Assine

Comments are closed.